23.3 C
Ilha Solteira
domingo - 19 maio - 2024
HomeCidadeIlhense tenta quitar dívidas no SERASA e cai em golpe

Ilhense tenta quitar dívidas no SERASA e cai em golpe

Ilhadenoticias.com
Da Redação

Uma moradora de Ilha Solteira tentou quitar dívidas inscritas no SERASA e acabou caindo em um golpe.

+ ✅ NOTÍCIAS: Clique e faça parte do canal do Ilhadenoticias no WhatsApp 📲

A vítima disse à Polícia que viu no Facebook um anúncio patrocinado sobre oferta de liquidações de dívidas no SERASA.

Ainda conforme o Boletim de Ocorrência, ela acessou o link do anúncio e foi direcionada a uma página onde foram geradas duas chaves Pix.

Ela fez os pagamentos, nos valores de R$ 68,92 e R$ 32,02. Contudo, após realizar os pagamentos, analisou os dados e constatou que eram falsos, o link e as contas fornecidas.

A vítima relatou, ainda, que não sabe o endereço da página da web a qual foi direcionada e nem tem mais acesso ao anúncio no Facebook.

O caso foi registrado na Delegacia de Polícia de Ilha Solteira como estelionato.

🚨LEIA TAMBÉM🚨

👉POLÍCIA: De novo: Caminhão e 6 bobinas de cobre são furtados de usina solar

👉EDUCAÇÃO: UNESP volta com o Vestibular de Meio de Ano; Ilha oferece 160 vagas

👉TURISMO: Exposição conta a história de uma das usinas hidrelétricas mais importantes do Brasil

🚨Como prevenir🚨
Para prevenir este tipo de golpe, o SERASA elaborou um material para que as pessoas identifiquem quando estão sendo enganadas e até mesmo denunciem.

As oportunidades de renegociar as dívidas no Serasa Limpa Nome são inúmeras.

Por isso, os golpistas se aproveitam da alta procura para tentar enganar consumidores imitando a comunicação da Serasa em sites, redes sociais e WhatsApp.

Há pelo menos dois golpes recorrentes: o “contato quente” na Serasa e o link para o site falso parecido com o oficial, mas enganoso.

🚨Golpe Limpa Nome no site falso🚨
O golpe Limpa Nome no site falso envolve criminosos capazes de desenvolver sites falsos, projetados para se assemelharem ao site oficial da Serasa, com o objetivo de enganar as vítimas até elas pagarem por serviços nunca entregues.

Os golpistas usam táticas como e-mails de phishing, anúncios on-line ou mensagens em redes sociais para atrair as vítimas para o site falso. São publicadas chamadas de urgência como “Limpe seu nome na Serasa agora!” para chamar a atenção.

A vítima também pode clicar em um link e ser direcionada a um site falso, habilmente, projetado para se assemelhar ao site oficial da Serasa, incluindo logotipos, layout e até mesmo textos informativos reproduzidos do site original. A aparência pode ser extremamente convincente à primeira vista.

🚨Golpe🚨
Coleta de informações: no site falso, as vítimas são solicitadas a inserir informações pessoais, como nome, CPF, e-mail, telefone, e às vezes informações financeiras. Os golpistas argumentam precisar das informações para dar andamento à proposta. Com as informações, conseguem acessar o perfil da vítima na Serasa.

Promessa de serviços: após a coleta de informações pessoais, o site falso faz promessas tentadoras, como limpar o nome da vítima ou melhorar o Serasa Score. Os golpistas alegam precisar de pagamento para dar andamento à demanda.

Cobrança de taxas: as vítimas são direcionadas a uma funcionalidade de pagamento on-line por meio do site falso. Os golpistas oferecem opções de pagamento, como cartão de crédito ou boleto bancário.

Nenhum serviço entregue: efetuado o pagamento, os golpistas desaparecem e não fornecem os serviços prometidos. As vítimas percebem o golpe quando o dano financeiro é concretizado.

🚨Como se prevenir do golpe em 6 dicas🚨

Sempre verifique a URL do site. Certifique-se de estar no site oficial da Serasa. A URL oficial contém a raiz serasa.com.br.

Não clique em links em mensagens de WhatsApp e e-mails não solicitados. Sempre verifique a legitimidade do remetente.

Nunca compartilhe informações pessoais ou financeiras em sites não confiáveis. A Serasa não solicita informações financeiras como número de cartão e senha em sites.

Mantenha o software antivírus e antimalware atualizados para ajudar a identificar sites e e-mails falsos.

Denuncie sites e perfis falsos diretamente para a Serasa. Com a ferramenta de denúncia, é possível enviar a URL de sites e redes sociais suspeitos, a serem verificados pela empresa. Para fazer a denúncia, basta copiar a URL suspeita e colar no campo “Copie e cole o link aqui” na página, acessando este link: denunciefraudes.serasa.com.br.

Atenção: no caso de denúncias para números de WhatsApp, será preciso incluir o número completo ao lado do seguinte texto: https://api.whatsapp.com/send?phone= + número suspeito. Por exemplo, se for denunciar o número (11) 9912-3456, é preciso colar: https://api.whatsapp.com/send?phone=551199123456

Para evitar cair nesses golpes, é essencial estar ciente: a Serasa não realiza negociações nem pede dinheiro adiantado para tirar restrição de crédito ou melhorar o Serasa Score. Além disso, evite fazer pagamentos a desconhecidos, especialmente, via boletos, sem verificar, cuidadosamente, a autenticidade da solicitação.

Caso tenha dúvidas, é aconselhável entrar em contato diretamente com a Serasa por meio dos canais oficiais e nunca seguir orientações de supostos “contatos quentes” em redes sociais ou comentários on-line. A atitude preventiva é a melhor defesa contra esse tipo de fraude.

 

📲 Siga o ilhadenotícias nas redes sociais: Whatsapp clicando aqui, no Facebook clicando aqui e aqui, no Instagram aqui, no youtube aqui e no twitter aqui

Receba notícias pelo Whatsapp

Quer receber notícias no seu celular sem pagar nada? 1) adicione este número à agenda do seu telefone: 18 99132-5461; 2) envie uma mensagem para este número por WhatsApp, informando seu nome

O www.ilhadenoticias.com não autoriza a reprodução parcial ou integral deste texto

Os comentários referentes ao texto são de inteira responsabilidade do seu autor, já que estão diretamente ligados às suas contas nas redes sociais

OUTRAS NOTÍCIAS