24.4 C
Ilha Solteira
sábado - 24 fevereiro - 2024
HomeCâmaraCâmara aprova e custo com transporte será dividido entre Prefeitura e estudantes

Câmara aprova e custo com transporte será dividido entre Prefeitura e estudantes

Douglas Cossi Fagundes
Da Redação

A Câmara de Ilha Solteira aprovou projeto de Lei de autoria do prefeito Otávio Gomes (PSD), que divide o custo com transporte para faculdades entre Prefeitura e estudantes. Até o fim o ano passado o serviço era 100% custeado pelo Município.

+ ✅Clique e siga o canal do Ilhadenoticias e receba notícias no WhatsApp 📲

A sessão foi acompanhada por um grande número de estudantes, que praticamente lotaram o plenário da Câmara. Com cartazes e palavras de ordem, o grupo tentou convencer os vereadores a rejeitarem ou adiarem a votação. Mas o documento foi aprovado por seis dos oito vereadores presentes na sessão.

Votaram a favor os vereadores Alberto dos Santos Jr., o Beto (PSB), Dalmi Guedes Jr. (PL), Docílio José Correia Feitosa, o Cido (União Brasil), Jerfson Kanon (MDB), Luís Otávio Collus de Paula (União Brasil) e Ricardo Casagrande (PSB). Foram contra os vereadores Cícero Aparecido da Silva (PDT) e Eduardo Vasconcelos (PL). A vereadora Thereza Rocha (PSB) não participou da sessão.

🚨A sessão completa pode ser conferida abaixo🚨

O projeto
O projeto aprovado estabelece que a Prefeitura continuará oferecendo transporte para cidades situadas num raio de 80 quilômetros de Ilha Solteira, para alunos de instituições de nível técnico ou superior.

A diferença é que, a partir de agora, o Município arcará com apenas 65% (o projeto original previa 60%) dos custos. O restante, 35% (o projeto original previa 40%), será assumido pelo estudante.

Em reunião realizada na última segunda-feira (22), com um grupo de estudantes, a Prefeitura divulgou os gastos e uma estimativa de como vai ficar a divisão a partir de agora.

Para Três Lagoas, por exemplo, para onde vai a maioria dos estudantes, o cálculo da mensalidade levou em consideração a ida e a volta, com custo de R$ 1.281,00 dividido por 42 pessoas. Isso daria R$ 30,50/dia por pessoa, em caso de lotação do ônibus.

A Prefeitura pagará 65% desse valor. O restante será pago pelo estudante.

Tal divisão não se aplicaria à alunos comprovadamente carentes, inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal – o CadÚnico.

🚨LEIA TAMBÉM🚨

👉CRISE: Com Prefeitura em crise financeira, Otávio amplia corte de gastos

👉Emprego: Oportunidade de Emprego: PAT está com várias vagas abertas; Confira

👉EDUCAÇÃO: Alunos da ETEC de Ilha Solteira criam jogo para alfabetização infantil

Crise Financeira x Corte de Gastos
A decisão de arcar com apenas parte dos custos foi tomada devido à forte crise financeira enfrentada Pela Prefeitura, em função da queda na arrecadação.

No domingo (21), Otávio divulgou que em 2023 o Município arrecadou R$ 9 milhões (sem levar em conta a inflação) à menos que em 2022. Foram R$ 174 milhões no ano passado, contra R$ 183 milhões no ano anterior.

Otávio disse que os cortes vem sendo reforçados (a Prefeitura já diminuiu o horário de expediente e reduziu pela metade os horários de transporte coletivo), porque “havia a esperança de que a economia melhorasse, para evitar uma atuação mais drástica”. “Mas já verificamos que a arrecadação (em janeiro de 2024) já está menor do que no ano passado. O cenário é preocupante. Temos que fazer (os cortes) para que os serviços essenciais, como saúde, educação, merenda, social, salários dos funcionários e encargos não fiquem atrasados, causando um transtorno maior na cidade”, disse Gomes.

 

📲 Siga o ilhadenotícias nas redes sociais: Whatsapp clicando aqui, no Facebook clicando aqui e aqui, no Instagram aqui, no youtube aqui e no twitter aqui

Receba notícias de Ilha Solteira pelo Whatsapp

Quer receber notícias no seu celular sem pagar nada? 1) adicione este número à agenda do seu telefone: 18 99132-5461; 2) envie uma mensagem para este número por WhatsApp, informando seu nome

O www.ilhadenoticias.com não autoriza a reprodução parcial ou integral deste texto

Os comentários referentes ao texto são de inteira responsabilidade do seu autor, já que estão diretamente ligados às suas contas nas redes sociais

OUTRAS NOTÍCIAS