31.7 C
Ilha Solteira
sábado - 24 fevereiro - 2024
HomeCidadePrefeitura quer arcar com 60% dos custos com transporte de estudantes para...

Prefeitura quer arcar com 60% dos custos com transporte de estudantes para faculdades da região

Douglas Cossi Fagundes
Da Redação

Em mais uma medida para tentar cortar gastos, devido a forte crise financeira, a Prefeitura de Ilha Solteira passará a arcar com apenas 60% dos custos com o transporte de estudantes para faculdades da região. Até o fim o ano passado o serviço era 100% custeado pelo Município. Um projeto estabelecendo esse novo modelo deve ser votado pela Câmara nesta sexta-feira (26), em sessão extraordinária.

+ ✅Clique e siga o canal do Ilhadenoticias e receba notícias no WhatsApp 📲

A Prefeitura informou que, em 2023, gastou cerca de R$ 3 milhões com o serviço. O objetivo é reduzir esse valor em, no mínimo, R$ 1 milhão. Mas, para que isso aconteça, os estudantes terão que assumir parte do custo.

Em reunião realizada na última segunda-feira (22), com um grupo de estudantes, a Prefeitura divulgou os gastos e uma estimativa de como pode ficar a divisão a partir de agora.

Para Três Lagoas, por exemplo, para onde vai a maioria dos estudantes, o cálculo da mensalidade levou em consideração a ida e a volta, com custo de R$ 1.281,00 dividido por 42 pessoas. Isso daria R$ 30,50 por pessoa, em caso de lotação do ônibus.

Com 60% do pagamento feito pela Prefeitura de Ilha Solteira, sobrará R$ 12,20 por dia para cada estudante, totalizando R$ 268,40 por mês.

Vale ressaltar que, para entrar em vigor, a medida precisa ser aprovada pela Câmara. Uma sessão extraordinária foi convocada para esta sexta, às 18h, para votar o projeto de Lei de autoria do prefeito Otávio Gomes (PSD).

🚨LEIA TAMBÉM🚨

👉CRISE: Com Prefeitura em crise financeira, Otávio amplia corte de gastos

Outras medidas
Além de passar a pagar apenas parte do transporte, a Prefeitura já anunciou outras medidas para cortar gastos.

O expediente da Prefeitura agora é menor. Desde segunda-feira (22), com exceção de algumas secretarias, as repartições públicas municipais passaram a ter turno de seis horas, das 7h30 às 13h30, sem intervalo para almoço.

O transporte coletivo gratuito oferecido pela Prefeitura é um dos serviços que já sentiu o impacto das medidas de corte de gastos.

As linhas do Ipê e Porto/Praia tiveram uma redução de 50% no número de horários de segunda a sexta-feira. Atualmente, são seis horários disponíveis para ida e volta. Agora, serão apenas três horários em cada itinerário. Também haverá redução de horários aos sábados, domingos e feriados.

🚨LEIA TAMBÉM🚨

👉CRISE: Corte de Gastos: Expediente menor da Prefeitura e horários do transporte coletivo reduzidos pela metade 

Universitários rejeitam cobrança, reivindicam transporte gratuito e marcam protestos

Os estudantes que utilizam transporte gratuito oferecido pela Prefeitura rejeitaram a proposta de cobrança parcial feita pelo prefeito Otávio Gomes.

De acordo com eles, “as medidas decretadas na reunião falham em considerar as diferentes condições socioeconômicas dos usuários deste transporte coletivo universitário”.

Eles também criticam o transporte para uso exclusivo, já que ele também é utilizado por alguns trabalhadores. “A limitação do transporte apenas aos estudantes ignora a necessidade de moradores de Ilha Solteira que exercem suas atividades profissionais em Três Lagoas ou outras cidades da região e não dispõem de outros meios de condução”.

Ainda conforme texto divulgado pelas redes sociais, “a redução de horários (a Prefeitura removeu o horário de volta às 15h) prejudica os estudantes que exercem atividades profissionais e/ou estágio obrigatório em conjunto com a formação universitária, pois limita os horários em que estes alunos podem trabalhar. A redução também prejudica moradores de Ilha Solteira que trabalham em Três Lagoas ou Santa Fé do Sul”.

🚌Lotação🚌
Para os estudantes, a saída dos ônibus de Três Lagoas para Ilha Solteira apenas com lotação máxima “desatende as diversas grades de diferentes cursos em distintos períodos. Também desconsidera os diferentes horários de trabalho dos profissionais ilhenses que atuam em Três Lagoas, Santa Fé do Sul e outras cidades da região. A exigência de lotação máxima para saída, juntamente com a redução de horários de ônibus, poderá causar superlotação no único horário disponibilizado”.

🚨Mobilização🚨
Os estudantes estão se mobilizando para se manifestarem contra a medida da Prefeitura. Eles estarão, inclusive, na sessão da Câmara desta sexta-feira (26), quando os vereadores votarão o projeto que autoriza a divisão dos custos (leia clicando aqui). “Solicitamos que essas medidas não entrem em vigor e reivindicamos o transporte gratuito já!”.
O grupo também está fazendo uma pesquisa de opinião sobre a cobrança da mensalidade do transporte. Para acessar clique aqui.

📲 Siga o ilhadenotícias nas redes sociais: Whatsapp clicando aqui, no Facebook clicando aqui e aqui, no Instagram aqui, no youtube aqui e no twitter aqui

Receba notícias de Ilha Solteira pelo Whatsapp

Quer receber notícias no seu celular sem pagar nada? 1) adicione este número à agenda do seu telefone: 18 99132-5461; 2) envie uma mensagem para este número por WhatsApp, informando seu nome

O www.ilhadenoticias.com não autoriza a reprodução parcial ou integral deste texto

Os comentários referentes ao texto são de inteira responsabilidade do seu autor, já que estão diretamente ligados às suas contas nas redes sociais

OUTRAS NOTÍCIAS