21.6 C
Ilha Solteira
domingo - 19 maio - 2024
HomeReligiãoArtigo: "Lázaro, sai pra fora", por Acácio Gomes

Artigo: “Lázaro, sai pra fora”, por Acácio Gomes

Artigo
Por Acácio Gomes

João 11:43-44 “E, tendo dito isto, clamou com grande voz: Lázaro, sai para fora. E o defunto saiu, tendo as mãos e os pés ligados com faixas, e o seu rosto envolto num lenço. Disse-lhes Jesus: Desligai-o, e deixai-o ir.”

+ ✅ NOTÍCIAS: Clique e faça parte do canal do Ilhadenoticias no WhatsApp 📲

No último post falamos sobre a história da Viúva de Naim (Lucas 7), uma mulher que estava indo enterrar o seu único filho que havia morrido e Jesus operou um grande milagre e o menino ressuscitou. Ressaltamos o contraste entre a história que está no mesmo livro de Lucas capítulo 7, onde um Centurião buscou a Jesus pela cura do seu servo, uma história muito conhecida que representa muita fé do Centurião. Falamos que contrário do Centurião, existem pessoas que sem forças para buscar a solução do seu problema, e até sem poder contar com a ajuda de outras pessoas, estão conformadas com a situação, já aceitaram uma sentença sobre as suas vidas, mas mesmo assim, pela compaixão e misericórdia de Deus, ele opera o milagre mesmo quando não temos forças para buscar.

Hoje falaremos da história de uma família, Marta, Maria e Lázaro, pessoas com muita fé e amigos pessoais de Jesus.

Marta e Maria, ao verem que seu irmão Lázaro se encontrava com uma enfermidade muito grave, pediram para chamar Jesus, pois sabiam que ele poderia reverter aquela situação. Em contraste com o texto passado, as irmãs buscaram, tiveram fé, mas buscaram da sua maneira, que nem sempre é a maneira que Deus espera.

Jesus não atende o pedido imediatamente somente porque eles eram amigos, Ele continua a Sua obra em uma outra cidade. Quando Jesus chega para atender o caso de seus amigos, a situação já é muito pior, Lázaro já havia morrido e sido enterrado. Ficando claro para nós que o simples fato de termos começado a buscar ajuda em Deus não quer dizer que a situação já vai mudar, aliás a coisa pode ainda piorar.

Jesus é indagado por suas amigas “Disse, pois, Marta a Jesus: Senhor, se tu estivesses aqui, meu irmão não teria morrido” e “Maria lançou-se-lhe aos pés e disse: Senhor, se tu estiveras aqui, meu irmão não teria morrido” (João 11:21;32).

“Poxa Jesus, somos suas amigas, você diz que nos ama e você não chegou a tempo?”
Mas há um tempo para Jesus operar?

Quantas vezes buscamos ajuda de Jesus, mas acreditamos que Ele tem que operar no nosso tempo, da nossa maneira e se isto não acontece questionamos o Seu amor por nós?

Note que o texto é claro em dizer que Jesus amava aquela família: “Ora, Jesus amava a Marta, e a sua irmã, e a Lázaro” (João 11:5).

O amor que Jesus tem por nós não anula a Sua vontade, que como diz em Romanos 12:2 é “Boa, perfeita e agradável” para as nossas vidas e continuará sendo sempre assim, a vontade Dele, seja qual for, é o melhor para nós.

O tempo é Dele, Ele opera como quiser, não conforme a nossa vontade!

Quando Jesus chega, Marta já desperdiça a primeira oportunidade de receber o seu milagre, Jesus diz “Teu irmão há de ressurgir” (Lucas 11:23), mas ao invés de Marta “pegar” esta palavra e dizer “Eu creio!”, “Pode fazer Jesus”, ela pega a própria Palavra de Deus para desacreditar do milagre e responde “Eu sei que há de ressuscitar na ressurreição do último dia” (Lucas 11:23-24).

Jesus estava falando de algo imediato, algo que ele iria fazer ali, na hora, independente de quanto tempo se passou, mas Marta se referia a um dia, lá na frente, onde a Palavra de Deus diz que todos os mortos ressuscitarão (1 Tessalonicenses 4:16, João 5:29).

Quantas vezes não agimos desta maneira, ouvimos uma Palavra e não conseguimos ver uma aplicação em nossas vidas, chegamos a não acreditar que seja para nós.

Exemplo, Mateus 11:28 diz: “Vinde a mim todos vós que estais cansados e sobrecarregados e eu vos aliviarei”, mas muitos de nós quando estamos “cansados e sobrecarregados” não vamos até Jesus, pois não conseguimos nos ver entre os “todos”. Pensamos que esta palavra é para alguém, ou até alguns, mas não para nós.

Se fizermos um convite para uma festa e colocarmos “Todos que leem este texto estão convidados”, você se sentiria convidado? Mas porque quando a Palavra de Deus diz “todo” / “todos”, muitas pessoas não conseguem se ver ali entre os “todos”?

Outro exemplo, João 3:16 diz: “Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna”. E você consegue acreditar que muitas pessoas não conseguem se ver no “todo aquele” e acabam não acreditando que Jesus morreu e foi crucificado pelos seus pecados?

Marta não “pegou” o que Jesus estava dizendo pessoalmente para ela, e quantas vezes não fazemos isto também?

Sim, quando vemos algo na Palavra de Deus temos que acreditar que aquilo está sendo falado conosco, para nós, devemos tomar posse da Palavra de Deus!

Outro empecilho que Marta colocou para o seu milagre acontecer, Jesus chega diante do sepulcro e diz “Tirai a pedra”, mas “Marta, irmã do defunto, disse-lhe: Senhor, já cheira mal, porque é já de quatro dias” (João 11:39).

Marta não estava querendo se “render” à solução que Jesus estava lhe propondo.

A palavra de Deus conta, em 2 Reis 5, a história de Naamã, um homem leproso que buscou ajuda da parte de Deus e o profeta lhe disse mergulha no rio Jordão sete vezes e ficará curado, mas ele ia indo embora bravo, onde já se viu uma solução dessa?

Quantas vezes não agimos desta forma, Jesus envia uma Palavra e colocamos empecilho para agir conforme a palavra Dele?

Outra coisa muito importante a ser mencionada é que antes de executar o milagre, Jesus faz uma oração dizendo “Pai, graças te dou, por me haveres ouvido. Eu bem sei que sempre me ouves, mas eu disse isto por causa da multidão que está em redor, para que creiam que tu me enviaste” (João 11:41-42). Jesus estava mostrando que Deus SEMPRE ouve orações.

Quando tiver alguma necessidade, ore a Deus pois “a oração feita por um justo pode muito em seus efeitos” (Tiago 5:16).

“Então me invocareis, e ireis, e orareis a mim, e eu vos ouvirei” (Jeremias 29:12).

“E tudo quanto pedirdes em meu nome eu o farei, para que o Pai seja glorificado no Filho. Se pedirdes alguma coisa em meu nome, eu o farei” (João 14:13-14).

Creia que Deus ouve as suas orações!

Finalmente o milagre, “Lázaro, sai para fora. E o defunto saiu, tendo as mãos e os pés ligados com faixas, e o seu rosto envolto num lenço. Disse-lhes Jesus: Desligai-o, e deixai-o ir” (João 11:43-44).

Creia que você tem que buscar seu milagre com fé, mas muito mais do que isto, Deus tem um tempo determinado para todas as coisas e no tempo certo o seu milagre pode acontecer.

Acredite na Palavra de Deus, saber que o que está escrito é para você, tomar posse da Palavra de Deus!

Não coloque empecilhos para o agir de Deus. Creia que Deus permitiu você ler este texto hoje pois Ele está trazendo coisas que você já julgava morta à vida novamente!

“Disse-lhe Jesus: Não te hei dito que, se creres, verás a glória de Deus?” (João 11:40)
Creia!

 

📲 Siga o ilhadenotícias nas redes sociais: Whatsapp clicando aqui, no Facebook clicando aqui e aqui, no Instagram aqui, no youtube aqui e no twitter aqui

Receba notícias pelo Whatsapp

Quer receber notícias no seu celular sem pagar nada? 1) adicione este número à agenda do seu telefone: 18 99132-5461; 2) envie uma mensagem para este número por WhatsApp, informando seu nome

O www.ilhadenoticias.com não autoriza a reprodução parcial ou integral deste texto

Os comentários referentes ao texto são de inteira responsabilidade do seu autor, já que estão diretamente ligados às suas contas nas redes sociais

OUTRAS NOTÍCIAS